dez 10, 2019

Você está em: Home / 10 dez 2019

Como cuidar do seu jardim

Categories:
10/12/2019

O jardim é aquele ambiente da casa que traz paz e tranquilidade, mas para se manter sempre agradável ele precisa de alguns cuidados especiais. O primeiro passo é garantir algumas ferramentas básicas necessárias: espátulas (finas e largas), arejador, tesoura para cortar talos, flores e troncos e um borrifador. Se você ainda não tem esses itens, nós temos um kit completo na nossa loja.

O primeiro passo é manter seu jardim bem cuidado. Remova folhas, galhos, pinhas e quaisquer outras coisas que deixem seu jardim com a aparência suja e desleixada. É interessante fazer esse trabalho pelo menos uma vez por mês, pois o excesso de folhas e galhos pode prejudicar a aeração da grama e dificultar a oxigenação das raízes.

Retire as ervas daninhas

As ervas daninhas são plantas invasivas que podem nascer no solo ou terem suas sementes trazidas pelo vento ou por insetos. E o maior problema é que elas crescem e se reproduzem no jardim, tirando água e nutrientes importantes das outras plantas. Aqui vale o ditado de “cortar o mal pela raiz”: quando lidar com ervas daninhas sempre arranque-as de vez desde a raiz para que elas não cresçam de novo. Outra dica é evitar pegar a parte de cima do solo quando for repor a terra, já que é lá que fica a maior concentração de sementes e reprodutores da planta. Então escolha sempre as partes mais profundas, ok?

Pode as árvores

Se você tiver alguma árvore, principalmente frutífera, esse passo é bastante importante. A poda ajuda a deixar a árvore mais saudável e forte para dar frutos. Ela pode ser dividida em etapas:

• Remoção de ramos mortos;
• Remoção de ramos de cruzamento, que são os galhos que ficam encostados em outros;
• Remoção de caules e ramos que apontam para cima em uma linha reta;
• Remoção de ramos que apontam para dentro, em especial os que ficam dentro do tronco.

Corte a grama

Evite deixar sua grama muito alta, já que isso acaba dificultando o desenvolvimento de outras plantas e traz um aspecto mal cuidado para o jardim. Também não é bom cortar a grama muito curta no início da primavera, para não prejudicar o crescimento de imediato. O ideal é deixá-la com uma altura de 5 a 9 centímetros.

Se você quer contar com profissionais bem treinados e experts em manutenção de jardins, conte com a Cia da Casa Jurerê, clicando aqui agora!

Como limpar a sua piscina corretamente

Categories:
10/12/2019

Quem nunca sonhou em ter uma casa com piscina? Piscina à disposição, para um mergulho a qualquer hora do dia ou da noite, é objeto do desejo de muita gente. Mas já passou pela sua cabeça que é preciso investir um tempo e um dinheiro considerável na manutenção dela? Neste artigo, você saberá como limpar piscina corretamente:

Piscina com água cristalina requer limpeza, tratamento e manutenção constante. Saiba que a água que você coloca nela pode ser usada por um longo tempo sem a necessidade de troca e até mesmo as águas mais sujas podem ser recuperadas com o tratamento adequado.

O ideal é que você nunca deixe a sua piscina deteriorar, pois o contato constante com água de piscina mal cuidada pode trazer riscos à saúde como dermatites, conjuntivite, otite (inflamação no canal auditivo), infecções por bactérias como estafilococos, micoses, problemas gastro-intestinais e até mesmo hepatite tipo A.

Para ficar livre desses e de outros problemas de saúde, confira as dicas que separamos para que você saiba como limpar e manter a sua piscina sempre bem cuidada.

Como limpar piscina: materiais necessários

Antes de começar o processo de limpeza, é preciso que você separe os materiais necessários para ter tudo à mão e não ter que interromper a faxina. Você vai precisar de:

  • Estojo de medição de PH e cloro;
  • Estojo de medição de alcalinidade;
  • Cabo telescópico;
  • Peneira cata folhas;
  • Escova curva;
  • Aspirador;
  • Mangueira flutuante;

Passo-a-passo para uma limpeza eficiente

  1. Comece pela área externa: Com o acúmulo de sujeira e resíduos provenientes da circulação de pessoas, animais e até mesmo folhas carregadas pelo vento, o primeiro passo é limpar a área externa da sua piscina.
  2. Filtros: Desligue o sistema de filtragem e feche os registros por questão de segurança antes de começar a limpeza.
  3. Superfície da água: Compre uma peneira com a trama bem fechada para que você consiga “pescar” até mesmo as sujeirinhas bem pequenas. E evite afundar muito o cabo da peneira ou você vai remexer a sujeira.
  4. Escove o revestimento: Procure por uma escova com cerdas macias e apropriada para a limpeza desse tipo de material. Nunca, em hipótese alguma, use abrasivos como palha de aço ou escovas metálicas.
  5. Aspiração: O aspirador da piscina é muito similar a um aspirador de pó, porém ele tem um mecanismo de retorno que devolve a água aspirada, já sem resíduos, para a piscina. Ao usar o aparelho, você deve manter o registro de aspiração aberto e o de retorno também.
  6. Desinfetar e tratar a água: A piscina está limpinha, livre de resíduos, folhas, insetos, portanto agora é hora de cuidar da qualidade da água. Para que a água esteja apropriada para uso é preciso conferir a cloração, o PH e a alcalinidade

Bastante coisa, né? Lembre-se, aqui na Cia da Casa Jurerê todos os profissionais são experts em limpeza e manutenção de piscinas, confira aqui!

Top